CONECTE-SE CONOSCO

EUROPA

Milão – Um destino histórico repleto de belezas

Publicado

em

Milão é a antítese do que muitos imaginam ser uma cidade italiana. Apesar de suas multidões notoriamente grandes, Florença e Veneza são o tipo de destinos repletos de tanta beleza, seria um crime não desacelerar e deleitar-se com suas paisagens incomparáveis. 

A boa aparência de Roma lhe confere o mesmo status, mas devido ao seu grande tamanho, adiciona uma boa dose de agitação à sua mistura inebriante. 

Mas apesar de ser a capital cultural da Itália e a maior cidade, Roma não é um centro industrial da mesma forma que Milão, na qual atua como a capital financeira e da moda do país. 

Aqui, os negócios ocupam o centro do palco de uma forma que não acontece em outras cidades italianas. 

A locomoção em Milão

A melhor maneira de se locomover em Milão é através do sistema de transporte público, que é bastante barato e eficiente. Esse sistema de metrô, ônibus e bondes é de longo alcance e muito barato. 

milão

Os táxis com taxímetro são outra boa opção, embora possam ficar caros se você os usar como sua única forma de transporte. Se o seu hotel fica perto do Duomo , que é considerado o centro da cidade.

Além disso, você pode somente caminhar, pois diversas outras atrações e acomodações podem ser encontradas a metros de distância. 

Dirigir, como em outras grandes cidades europeias, não é recomendado devido ao tráfego e ao estacionamento que são caros e um pouco limitados. 

Melhor época para visitar Milão

Sem dúvidas, as melhores épocas para visitar Milão são do mês de abril ao mês de maio ou do mês de setembro ao mês de outubro. 

Nos meses de primavera e outono abrange-se o pico da temporada turística da cidade e também escapam das temperaturas sufocantes do verão. 

Os meses entre novembro e março constituem a entressafra e são caracterizados por altas temperaturas médias nos anos 40 e 50, neblina e cidade esvaziada. 

Milão vai conquistar você, principalmente pela culinária

Enquanto estiver em Milão, sem dúvida você encontrará muitas massas, café expresso, gelato e pizza, mas também vai querer provar a culinária milanesa. 

Semelhante a outras regiões da Itália, incluindo a Costa Amalfitana e Nápoles, Milão tem sua própria identidade culinária que apresenta pratos de especialidades nativas da região. 

Você pode ter dificuldade em encontrar esses pratos e bebidas fora de Milão, mas mesmo que encontre, eles provavelmente não seriam tão bons. O prato mais importante é o risoto milanês ou risoto à milanesa. 

É único principalmente por um ingrediente: açafrão. Diz-se que o artista, não o chef, que o criou, queria tornar seu risoto mais atraente para seus convidados, então ele adicionou o açafrão para torná-lo amarelo

Além disso, busque com antecedência locais apropriados para ficar, pontos ideais de visitas e qual meio de transporte se encaixa melhor nas suas perspectivas.

É muito importante chegar na cidade já sabendo algumas questões para não desperdiçar tempo e aproveitar o máximo. Se possível, busque guiar com orientações de quais lugares você não pode deixar de conhecer.